Quatro poemas muito similares

8546abff-5553-44ea-8b13-09350c0ee688

Jiri Valoch

O arquivo da poesia visual é uma caixa de brinquedos: quase cada poema inventa o procedimento a ser, em oficina, refeito pelos escritores lançados à escrita para ser vista. Desenhos, escrita circular, cores, novas línguas na língua, palimpsestos. Os recursos encontrados recorrem à letra e fica evidente a dança do significante. E a manuscritura dos poemas nos mergulha na escola, onde rareiam os recursos técnicos, os computadores disponíveis e o tempo de aula urge em série no entra e sai de cada professor e sua pretensa especialidade. A delicadeza das letras e suas inscrições. A contundência dessa delicadeza. Cada escritor escolheu um poema visual para chamar de seu e o refez ao seu modo. No fim deu no que deu, ou seja, nesses textos costurados pela rede de olhares que se organizou em acampamento hoje, durante 1h30, no Colégio Pedro II de Realengo.

mariana albuquerque

Mariana Albuquerque

danilo sardinha

Danilo Sardinha

mariana batista

Mariana Batista

bruna gonçalves_2

Bruna Gonçalves

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s