Eu sonho com uma escola em que tudo fosse laboratorial

Há um ou dois meses, meus alunos Paulo Santana e Beatriz Hermes resolveram me entrevistar sobre a situação e os desejos para a educação numa pesquisa para a disciplina de Sociologia. E eu resolvi falar. E encaro esse vídeo, para além de uma entrevista, como o depoimento de um professor de uma escola pública sobre a escola pública que este professor deseja, com coisas do tipo:

  • Acho que todo mundo que se torna professor de alguma maneira tem uma marca de quem não desejou sair da escola.
  • Eu acho muito difícil enxergar a regulação do corpo, e portanto dos afetos, como um mecanismo pedagógico.
  • A escola cumpre muito mais o seu papel pedagógico se constrói a possibilidade de cada um se vestir como quer e se ver como quer diante do outro, do que regulando isso com base em parâmetros que são estranhos a todos que estão envolvidos, principalmente aos alunos.
  • Eu sonho com uma escola em que tudo fosse laboratorial: em que toda aula fosse aula de laboratório.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s