Dos leitores quando eles são poetas

Da sorte de encontrar leitores mais do que atentos e ainda poetas porque percebem traços no que se escreve que o autor pouco suspeitava.

quarta capa

O lançamento de A mão, o olho: uma interpretação da poesia contemporânea será no dia 1 de novembro, às 17h, na Primavera dos Livros (Alameda João do Rio, Museu da República, Catete). Antes, às 14h, haverá uma mesa a reunir a mim, Alberto Pucheu e João Camillo Penna a respeito da literatura contemporânea no Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s