Nietzsche é o pai da vida

Num trabalho de leitura, quatro de minhas alunas (Carol, Iuli, Beatriz, Luanna) improvisaram uma conversa irônica e divertida sobre a relação da obra do Nietzsche com Memórias póstumas de Brás Cubas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s