Literatura na escola: missão impossível?

Ficha de Che Guevara nos arquivos do Dops

Ficha de Che Guevara nos arquivos do Dops

Nota de leitura ao ensaio “Literatura na escola – missão impossível?”, do prof. André Bueno

BUENO, André. A vida negada e outros estudos. Rio de Janeiro: 7letras, 2013.

Com base no preceito de Freud, de “educar para a realidade”, André Bueno fundamenta a sua proposta de ensino de literatura numa relação dialética entre literatura e sociedade, na linha da crítica consolidada pela obra de Antonio Candido. Dessa maneira, foge-se a um currículo com conceitos desconectados, pois o aluno é desafiado a compreender o processo de formação cultural no Brasil por meio da literatura. Vencendo os problemas (1) da falta de um sistema letrado forte, (2) da compreensão da literatura como privilégio, (3) da urbanização da cultura popular sem a mediação da cultura letrada e (4) da cultura de massas como referência dos valores culturais na sociedade do espetáculo, o ensaísta propõe que o currículo da literatura na escola incorpore programaticamente as tradições da canção popular e do cinema no Brasil, já que os diálogos entre poesia letrada e poesia de canção, de um lado, e entre narrativas de romances, novelas e contos, e narrativas cinematográficas é fértil em nossa cultura, de outro, contemplam o trabalho com prosa e poesia aberto às formas da cultura de massas, sem, no entanto, abrir mão de uma elaboração crítica das formas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s