O texto mais horripilante de que você é capaz

Desenho de Victor Hugo

Provoquei meus alunos do ensino médio a comporem um texto que provocasse o medo mais intenso de que fossem capazes, com base no exemplo de Victor Hugo que, em Os trabalhadores do mar, descreve uma criatura horripilante numa passagem inesquecível traduzida pelo Machado de Assis no calor da hora. 

Do resultado, fiz uma colagem. E acho bonito ler os fragmentos como um retrato do imaginário do medo no adolescente de agora, este que está (a)diante de nós com frequência.

*

Não tinha forma, cor ou cheiro, o tal do Amor. Cor de vômito.

Bela, estonteante. Seu guarda-chuva, que agora eu conseguia ver nitidamente, era feito de ossos e escorria sangue esverdeado.

Seu veneno contagia até mesmo os que são de sua espécie se espalhando de forma sutil como o aroma das flores. É conhecida como Mente Humana.

Eis que das sombras – ou quem sabe até da luz – surge uma figura encapuzada. A morte é a certeza do acontecer antes mesmo de se concretizar.

O demônio não era semelhante a nenhum monstro de história de terror cuja aparência é deformada, mas se assemelhava a um homem; contudo, aí acabam as semelhanças.

O amor é um processo químico que ocorre na ínsula, localizada no meio do cérebro. Deve ser considerado um dos mais perigosos tormentos que atingem a população mundial, pois é capaz de ter o controle sobre o nosso corpo e interfere diretamente em nosso dia a dia e pode interferir nas faculdades mentais, gerando um processo de dependência e perda total do controle sobre si.

Olhá-los nos olhos é como encarar a própria morte, neles não há luz, só escuridão e desespero.

*

Vi ontem um bicho na escuridão da cidade.

De sua boca com cor de dor, não saía voz (nunca deixaram que saísse).

O cheiro dele era de guerra, guerra de toda uma vida.

O bicho? Não me viu. Eu? O senti. Como senti a fumaça de seu cachimbo, como senti seu cheiro de guerra diária, como senti que a justiça tem um preço que o pobre não pode pagar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s